E a nossa noite de quinta feira 12/04, teve a apresentação do Sons Vítreos – Núcleo Ouroboros, com xilofone de vidro, tambor, kalimba, entre outros.

“Além da habilidade musical, a vontade de aprender e participar dessas pessoas são fundamentais. O tripé do Ouroboros é ciência, arte e inclusão”, destaca a coordenadora Karina Lupetti.

 

  • DSC04221

    1 / 12
  • DSC04220

    2 / 12
  • DSC04218

    3 / 12
  • DSC04212

    4 / 12
  • DSC04210

    5 / 12
  • DSC04202

    6 / 12
  • DSC04200

    7 / 12
  • DSC04190

    8 / 12
  • DSC04187

    9 / 12
  • DSC04182

    10 / 12
  • DSC04181

    11 / 12
  • DSC04180

    12 / 12